Onde estão armazenados seus certificados digitais?

Com o DINAMO Pocket você guarda os seus certificados em total segurança e tem acesso a eles de qualquer lugar.

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR EM MÃOS ERRADAS.

A partir da Medida Provisória número 2.200-2 de 24 de agosto de 2001, O uso da certificação digital passou a ser obrigatório para aplicações Fiscais, Jurídicas, Médicas e Laboratoriais.

Porém, a guarda do seu certificado é sua responsabilidade.

Que tal fazer isso utilizando uma solução que substitui a utilização de tokens e pode ser acessada por diversos usuários – pré-estabelecidos por você –  ao mesmo tempo?

ONDE VOCÊ ESTIVER.

O DINAMO Pocket faz parte de uma família de HSMs – Host Security Modules – ou seja: cofres digitais que guardam certificados, chaves de criptografias e senhas.

No caso do DINAMO Pocket, este “cofre” é portátil. Sendo assim, você pode levá-lo para onde quiser, quando precisar.

Sua utilização pode ser realizada por empresas de portes variados, pois consegue armazenar até 200 certificados digitais.

Guarda de Certificados Digitais

Com o Pocket você pode guardar todos os certificados digitais dentro dele. O Pocket mantém a guarda, a proteção e ainda controla o acesso individual aos certificados.

Todas as estações, servidores e aplicativos irão automaticamente usar os certificados dentro do Pocket. Não é necessário copiar os certificados para pendrive e nem utilizar os tokens ou smart cards para certificados A3.

O Pocket é compatível com certificados A1, A3 e todos os demais homologados pela ICP-Brasil.

Acesso individual aos Certificados Digitais

O Pocket controla o acesso individual aos certificados. Cada usuário tem senha e conta pessoal de acesso.

Desta forma sempre que alguém utilizar um certificado do Pocket, ele irá registrar o horário e o usuário automaticamente. Permitindo consulta e auditoria posterior.

É possível cadastrar novos usuários ou revogar o acesso a qualquer momento. Isso tudo sem alterar o certificado. A empresa pode ter um ou mais certificados com acesso individual.

Por exemplo: O time do Financeiro tem acesso ao certificado para NFE e SPED. O time Comercial tem acesso ao certificado digital para assinatura de contrato de venda de produto ou serviço.

Backup na nuvem dos Certificados Digitais

É possível manter um backup (cópia de segurança) de todos os certificados na nuvem. Caso aconteça qualquer imprevisto com o Pocket, você poderá restaurar o conteúdo a partir da nuvem. Poderá restaurar no mesmo Pocket ou em outro equipamento novo se for necessário.

O que importa é você não se preocupar com a cópia de segurança dos certificados digitais, o Pocket garante essa tranquilidade para você e sua empresa.

Importação de Certificados A1 para dentro do Pocket

É possível importar os seus certificados A1 já em uso para dentro do Pocket. Após a importação todos os benefícios do Pocket estarão funcionando automaticamente.

Você pode até apagar as cópias dos certificados das estações, servidores e pendrives. O acesso ao Pocket é transparente a partir da sua estação ou servidor.

Uso de Pockets simultâneos em várias localidades

Caso a sua empresa tenha presença em diversas localidades, você poderá manter Pockets em todas elas. Garantindo o acesso sem depender da Internet ou outra forma de comunicação entre os escritórios.

Todos os Pockets irão compartilhar os mesmos certificados e usuários, tornando o acesso transparente mesmo para aquele usuário que constantemente está em um ou outro escritório da empresa.

Geração de Certificados A1 e A3 dentro do Pocket

Você pode gerar novos certificados A1 e A3 diretamente dentro do Pocket. Não é necessário adquirir tokens ou smart cards. A geração acontece dentro do Pocket.

Rede Wireless (WiFi) ou cabo

O Pocket é compatível com a sua rede WiFi ou cabo, tanto faz. O Pocket tem acesso WiFi e também tem porta para conexão física para redes com cabo (Ethernet).

Rede elétrica 110V ou 220V, isso também é automático.

Os HSMs DINAMO processam:

Mais de 30% de todas as TEDs bancárias do País todos os dias.

Alguns dos maiores sites de e-commerce
do Brasil.

Quer saber mais?